Cidade: São Luís - Capital    
       
 São Luís  
 
História.
Fundada pelos franceses em 1612, São Luís foi tomada pelos portugueses e chegou a ser brevemente ocupada pelos holandeses (1641 a 1644). Seu nome é uma homenagem dos franceses ao rei santo e ao monarca Luís XIII. A cidade possui um valioso conjunto arquitetônico, com mais de três mil prédios tombados. É essencialmente lusitana e representa o maior conjunto da arquitetura civil portuguesa no Brasil. Conhecida por seus azulejos coloniais e pelas festas folclóricas, conta com 32 Km de praias na região metropolitana, caracterizada por suas águas turvas devido a proximidade dos rios. Cidade onde o sol brilha o ano todo e a cultura popular pulsa forte na veia de seus habitantes, São Luís, patrimônio mundial, possui atributos singulares que a transforma em um dos destinos mais originais do Brasil.

A diversidade de manifestações culturais faz com que a cidade viva clima de festa o ano inteiro, impulsionando e dando alegria e energia à oferta turística da cidade. Em junho, São Luís se transforma no maior arraial do Brasil. O calor das fogueiras, o batuque dos pandeirões e o colorido das fantasias podem ser vistos por toda parte. Há alguns anos, a prefeitura de São Luís vem trabalhando para que o São João da capital seja um dos festejos mais alegres e contagiantes do Brasil, numa demonstração de respeito e valorização das tradições culturais da cidade.

Principais Atrações.
Paralelo às manifestações culturais e ao magnífico conjunto arquitetônico, São Luís ainda guarda seus encantos naturais. É banhada pelas águas da baía de São Marcos e do Oceano Atlântico e aquecida pelo sol o ano inteiro, privilégio de uma cidade localizada dois graus ao sul da linha do Equador. O calor é amenizado pela brisa do mar e por um período chuvoso que se estende de janeiro a julho, sempre intercalado por dias de sol. Esse conjunto de fatores geográficos e climáticos garante banhos de sol e de mar o ano todo. Para quem curte boas horas de bronzeamento à beira-mar, São Luís oferece 150 Km de praias, com destaques para as praias da Ponta da Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água e Araçagy.

A paisagem natural de São Luís é uma prova incontestável de que a natureza adotou a ilha como morada. A cidade é atravessada pelos rios Anil e Bacanga, que deságuam na Baía de São Marcos. Tem uma extensa área de manguezal e conta com quatro áreas de preservação ambiental: o Parque Estadual do Bacanga, com mais de três mil hectares de extensão; o Parque Estadual do Itapiracó, com 322 hectares e Área de Proteção Ambiental do Maracanã. Com vegetação nativa, o Parque do Diamante é uma pequena reserva ecológica próxima ao Centro da cidade.

Pontos Turísticos.
Alguns pontos turísticos de São Luís: Teatro Arthur Azevedo: o primeiro teatro multimídia do Brasil. Lagoa da Jansen: lagoa mais famosa da cidade, destaca-se pela infra-estrutura adaptada à prática de esportes. Museu Histórico e Artístico, construído do ano de 1836. Fonte das Pedras, construída por volta de 1615, sendo a mais antiga fonte da cidade. Avenida Pedro II: importante avenida do centro histórico, nela se encontra a maior parte das edificações do centro. Parque Estadual do Bacanga, com uma área de 3.075 hectares, um dos principais objetivos de sua construção foi preservar o pedaço da floresta Amazônica existente no local.

Cais da Sagração:
cercado por muralhas de avultada espessura, foi construído em alvenaria de pedra e reboco. Palácio dos Leões: símbolo da cultura maranhense, foi construído em 1761 e reformado em 1857. Museu de Artes Visuais: casarão, com um estilo totalmente colonial. Pedra da Memória: antigo monumento feito de pedra de Cantaria. Igreja da Sé, Fonte do Ribeirão e Palácio Episcopal: reedificado em 1869, é um edifício nobre que mantém no rés-do-chão vestígios de diversos arcos e nichos.

Cultura.
Na cultura local, São Luís tem manifestações muito fortes como o bumba-meu-boi, festa de tradição afro-indígena que aflora na cidade nas festas do mês de junho. Além disso, possui o "Tambor de Crioula", o "Cacuriá", o "Tambor de Mina" (religião afro-brasileira, que tem na Casa Grande das Minas Jeje - fundada em meados do século XIX - seu mais importante terreiro, ou Querebetan). Estas manifestações acontecem no período das festas juninas. No carnaval, a tradição de São Luís é um forte carnaval de rua. Onde os blocos populares se misturam aos brincantes e às bandinhas tradicionais.

Informações Turísticas.
São Luís tem atrativos o ano todo. Durante período de junho a dezembro, chove pouco e o vento constante ameniza o calor. A temperatura média anual varia de 23º a 33º. De janeiro a junho acontece a estação chuvosa - o inverno da região - época das frutas e da pesca farta. Uma dica para quem vai até São Luís é visitar os Lençóis Maranhenses. O lugar é belíssimo e a melhor época para o passeio é após a estação chuvosa, quando as lagoas estão cheias. As festas acontecem durante o ano inteiro. Além dos clubes e bares de reggae, que funcionam diariamente, há sempre apresentações de grupos de tambor de criola nas ruas e praças. Após o carnaval começam as festas religiosas que acontecem nos meses de março e abril com procissões pelo centro histórico.

Centro Histórico.
Em 1997 a Unesco concedeu à cidade o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Reconheceu a beleza e importância de um dos maiores conjuntos de arquitetura civil de origem européia no mundo. São três mil e quinhentas construções ocupando uma área de 250 hectares ! Este acervo arquitetônico já havia sido tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1955. O plano de recuperação do centro histórico começou a ser executado na década de 70, quando foi construída uma barragem sobre o rio Bacanga e uma ponte sobre o rio Anil. Tais construções permitiram que a cidade se expandisse para o outro lado e evitaram a descaracterização das construções antigas.

Em 1979 foi inaugurado o anel rodoviário, que desviou o trânsito que passava nas ruas estreitas do centro. A restauração do casario começou pela Praia Grande, no início da década de 80, com a Praça do Comércio, Mercado Coberto, Albergue e Beco da Prensa. Em 1987, após alguns anos parado, o programa é retomado, com o nome de Projeto Reviver. Vinte e cinco milhões de dolares são investidos para restaurar cerca de 200 construções na Praia Grande como parte do Projeto Reviver. Postes de eletricidade foram substituídos por similares de ferro à moda antiga e praças, jardins e calçadas foram reformadas. Hoje, o projeto Reviver é ponto de visita obrigatória para quem chega a São Luís.

Culinária..
Para acomodar e agradar seus visitantes, São Luís possui bons hotéis e restaurantes, onde é possível saborear pratos típicos à base de frutos do mar e gastronomia internacional. E não podia ser diferente. Localizada à beira-mar, São Luís elegeu naturalmente os peixes e mariscos como principais ingredientes de sua culinária. Com o camarão são feitos pratos como a caldeirada e a tradicional torta. Há também o saboroso caruru e o cuxá, comidas de origem africana, muito apreciadas pelos maranhenses. Já o arroz é um dos principais ingredientes de receitas com o arroz de cuxá, arroz Maria Isabel, arroz de camarão e baião de dois. Ainda há a culinária do peixe. Que tal saborear uma suculenta peixada ao leite de coco ou um peixe frito com arroz de cuxá, que só se encontra aqui no Maranhão?

Existem ainda casa de caldos, onde são servidos tipos variados como: caldos de ovos, de camarão, de peixe, de feijão, de sururu, de galinha e de carne. Se o assunto for bebidas, em São Luís, o visitante vai encontrar licores e sucos de sabores variados feitos com frutas regionais como bacuri, jenipapo, cupuaçu e murici, além de vinhas de buriti e juçara. Há também o delicioso guaraná Jesus, encontrado apenas no Maranhão, cuja fórmula foi criada em 1920 por um maranhense. Com todos esses atrativos, São Luis é o destino certo para quem procura sol, mar, cultura, historia e belas paisagens para guardar na memória, enquanto não chegam as próximas férias. Motivos não faltam para que o turista volte sempre à Ilha dos Amores!

Clima.
Tropical, quente e semi-úmido da Zona Equatorial. São Luís tem duas estações distintas: o verão, de julho a dezembro, e o inverno, de janeiro a junho. O verão é quente e seco com ventos frescos e o inverno é chuvoso.
Média pluviométrica: 1953 mm.

Localização.
Localizada na Ilha de São Luís, entre as embocaduras dos Rios Anil e Bacanga. Latitude S 2º31, Longitude W 44º16,Área da unidade territorial (km²) - 827 km2 Altitude 24 metros Fuso Horário 3hs GMT, caranguejo cozido e quebrado, torta de caranguejo.

População.
População estimada 2005 em 01.07.2005: 978.824 habitantes ( IBGE Cidades)

Relevo.
A capital maranhense encontra-se a altitude de quatro metros acima do nível do mar. Existem baixadas alagadas, praias extensas e dunas que formam a planície litorânea.

Hidrografia e Vegetação.
Os principais rios que cortam São Luís são o Bacanga, que atravessa o Parque Estadual do Bacanga, e o Anil, que divide a cidade moderna e o centro histórico. A lagoa da Jansen é a principal e maior lagoa da ilha, com seis mil metros quadrados de área. Vegetação: A vegetação da cidade é diversificada e, em sua maior parte, litorânea. Com grande número de coqueiros, São Luis conta também com uma quantidade considerável de manguezais. Encontram-se parques ambientais por toda a capital maranhense, entre os quais, o Parque Estadual do Bacanga, totalmente preservado.


Home Monumentos Danças Tipicas
icone Arquitetônicos Praia Grande São Luís
Belezas Naturais Religiosos Culinária Maranhense
Museus Rua Grande Bumba-Meu-Boi
Largos e Praças Hotéis de São Luís Definir como Página Inicial
Madre de Deus Festas Populares Contato
    Natalício e Fatima