Lençóis Maranhenses Praias de São Luis Hotéis em São Luís
   
 
       
Economia, industria, agricultura e pecuária   Bandeira do Maranhão  
       
 História do Maranhão  
 

História..
Foram os espanhóis os primeiros europeus a chegarem, em 1500, à região onde hoje se encontra o Estado do Maranhão. Em 1535, no entanto, verificou-se por parte dos portugueses, uma primeira tentativa fracassada de ocupação do território. Foram os franceses que realizaram a ocupação efetiva iniciada em 1612, quando 500 deles chegaram em três navios e fundaram a França Equinocial. Seguiram-se lutas e tréguas entre portugueses e franceses até 1615, quando os primeiros retomaram definitivamente a colonia. Em 1621, foi instituído o Estado do Maranhão e Grão-Pará, com o objetivo de melhorar as defesas da costa e os contatos com a metrópole, uma vez que as relações com a capital da colonia, Salvador, localizada na costa leste do oceano Atlântico eram dificultadas, devido às correntes marítimas.

Invasão dos Holandeses
Em 1641, os holandeses invadiram a região e ocuparam a ilha de São Luiz, nomeando o povoado em homenagem ao rei Luiz XIII. Três anos depois, foram expulsos pelos portugueses. A separação do Maranhão e Pará veio a ocorrer em 1774, após a consolidação do domínio português na região. A forte influência portuguesa no Maranhão fez com que o Estado só aceitasse em 1823, após intervenção armada, a independência do Brasil de Portugal, ocorrida em 7 de setembro de 1822. No século XVII, a base da economia do Estado encontrava-se na produção do açúcar, cravo, canela e pimenta; no século XVIII, surgiram o arroz e o algodão, que vieram a se somar ao açúcar, constituindo-se estes três produtos a base da economia escravocrata do século XIX.

Sirios-libaneses e migrantes Cearenses, aumentaram a produção.
Com a abolição da escravatura, a 13 de maio de 1888, o Estado enfrentou um período de decadência econômica, do qual viria a se recuperar no final da primeira década do século XX, quando teve início o processo de industrialização, a partir da produção têxtil. O Estado do Maranhão recebeu duas importantes correntes migratórias ao longo do século XX. Nos primeiros anos chegaram os sírio-libaneses, que se dedicaram inicialmente ao comércio modesto, passando em seguida a empreendimentos maiores e a dar origem a profissionais liberais e políticos. Entre as décadas de 40 e 60 chegou grande número de migrantes originários do Estado do Ceará, em busca de melhores condições de vida na agricultura. Dedicaram-se principalmente à lavoura de arroz, o que fez crescer consideravelmente a produção do Estado.

Hino.Conheça o Hino do Estado do Maranhão - Clique Aqui

Informações Gerais.
Área:331.935,507 km²
População: 6.574.789 habitantes ( Estimada 2010)
Capital: São Luís com 1.014.837 habitantes (Estimada 2010)
Densidade demográfica: 19,8 habitantes/km²
Distribuição demográfica: urbana: 59,5 % rural: 40,5 %
Localização: região nordeste do Brasil, entre os paralelos 01º S e 10ºS
Hora local: G.M.T. menos 3 (três) horas
Temperatura: Apenas pequenas variações no decorrer do ano:
média das mínimas: 21ºC
média das máximas: 32ºC
Precipitação pluviométrica média de 1200 mm a 2000 mm / ano
Quantidade de Municípios: 217
Principais Cidades do Maranhão Clique aqui
 



Localização.
O Maranhão é o estado brasileiro com infra-estrutura portuária desenvolvida mais próximo de dois grandes mercados: o norte-americano e o europeu. Está próximo também do Canal do Panamá. Situa-se no oeste da região Nordeste, tendo como limites o Oceano Atlântico a norte, o Piauí a leste, Tocantins ao sul e sudoeste e e o Pará a Oeste. É o único estado da região com parte de sua área coberta pela floresta Amazônica, apresentando importantes áreas de proteção ambiental. Em 1997, a capital São Luis foi declarada patrimônio histórico da humanidade pela Unesco.



Economia.
A economia do Maranhão se baseia na indústria (transformação de alumínio), O Maranhão conta 7 distritos industriais, das quais 3 (São Luis, Imperatriz e Balsas), e estão implantados e os restantes (Rosário, Santa Inês, Bacabal e Açailândia), em fase de implantação, todos localizados às margens ou em áreas que sofrem influência da Estrada de Ferro Carajás. O Distrito Industrial mais importante do Estado é o de São Luis, situado a sudoeste da Ilha, onde estão instaladas as fábricas de Aluminia e Alumínio da ALUMAR (considerado uma das maiores do mundo), duas cervejarias (BRAHMA e ANTARCTICA) e aproximadamente 40 outras empresas que atuam nos setores Químicos, Têxtil, Gráfico, Imobiliário, Metalúrgicos, Metal Mecânico, Alimentos, Aliagenosas, Fertilizantes, Cerâmicos e Artefatos de Borracha e Cimento entro outros.

No extrativismo, Beneficiado pela situação geográfica as condições naturais e a grande variedades de paisagens, principalmente a mata característica. O extrativismo maranhense se destaca no cenário nacional pela quantidade e variedades de produtos, sendo uma das principais atividades econômicas do Estado. Entre os produtos podemos destacar: Babaç
u, Jaborandi ou Arruda e Madeira em tora.

Na agricultura (soja, mandioca, arroz, milho). A pecuária maranhense se caracteriza por ser o tipo extensiva, onde os rebanhos são criados soltos. Os principais rebanhos são: Bovinod, Suíno, Caprino e Ovino, Bubalino, Aves. Existem várias teorias para a origem do nome do estado. Porém, a mais aceita é que Maranhão era o nome dado ao Rio Amazonas pelos nativos da região antes dos navegantes europeus chegarem. O Maranhão destaca-se também no turismo (ecológico, cultural, religioso), apresentando aos visitantes uma mescla de ecossistemas somente comparada, no Brasil, com a do Pantanal Mato-Grossense. Possui o 2º maior litoral brasileiro, superado apenas pela Bahia.

Distâncias entre Portos
A partir dos portos do Maranhão, toda a costa brasileira pode receber/enviar cargas através de cabotagem, que hoje já é viável pelas recentes medidas decretadas pelo Governo Federal. E inclusive atender ao Mercosul.

Itaqui
(MA)
Salvador
(Ba)
Tubarão
(ES)
Rio
(RJ)
Santos
(SP)
Rio Grande
(RS)
Rotterdam (Hol) 4.143 4.913 5.393 5.673 5.893 6.499
Hamburg (Ale) 4.419 5.189 5.669 5.949 6.169 6.775
N.Orleans (USA) 3.355 4.735 5.215 5.495 5.715 6.321
S.Francisco (USA) 5.767 7.147 7.626 7.906 8.126 8.732
Canal do Panamá 2.483 3.862 4.342 4.622 4.842 5.448
Tókio (Jap) 12.524 11.820 11.831 11.862 11.982 12.034
(em milhas náuticas)
Fonte: www.ma.gov.br / wikipedia


Home Monumentos Danças Tipicas
icone Arquitetônicos Praia Grande São Luís
Belezas Naturais Religiosos Culinária Maranhense
Museus Rua Grande Bumba-Meu-Boi
Largos e Praças Hotéis de São Luís Definir como Página Inicial
Madre de Deus Festas Populares Contato
    Natalício e Fatima