Cidade: de Carolina    
       
 Carolina - MA  
 
História..
Esta é Carolina, no sul maranhense, às margens do rio Tocantins, que também teve sua fase áurea, como a maiorias das cidades ribeirinhas do grande rio, no período que a navegação foi muito importante para a economia da região como meio de transporte até início da década de 1960.
Segundo Genésio Maranhão, em A História de Carolina, a região passou a ser visitada por colonizadores em busca do aprisionamento de índios para o trabalho na exploração de ouro. Os religiosos apareceram em seguida, ali pelo primeiro quarto do século XVII. No entanto, o primeiro núcleo urbano só formou-se em 1809.

Carolina já foi chamada São Pedro de Alcântara. Mas em 1832 os habitantes, mudando-se para a margem direita do rio Tocantins, 16 km abaixo, passou a chamar-se Carolina, em homenagem à imperatriz Carolina Leopoldina, esposa de D. Pedro I.
No século XX, Carolina viveu seu esplendor econômico. Era centro econômico-financeiro importante do sul do estado, com influência sobre grande parte do sul piauiense, Pará e norte de Goiás (atual Tocantins).

Tinha comunicação com Belém pelo rio Tocantins e por avião com todo o País.
Os filhos das famílias mais importantes iam estudar na então capital da República, Rio de Janeiro ou em Recife.
Hoje é uma cidade ecoturística com pouco mais de 23 mil habitantes e grande afluxo de turistas entre junho e setembro.

Atrações Turísticas.
Cachoeiras da Pedra Caída:
É o primeiro ponto turístico importante do Sul do Maranhão. Possui três quedas d'água maiores, sendo que na Gruta do Amor a água despenca a uma altura de 46 metros em uma série de pequenos saltos, além de grande piscina de água corrente. Fica à 50 metros da BR-010, 35 Km distante de Carolina estando em propriedade privada.

Cachoeiras do Itapecuru:
Você encontrará duas quedas d'água (18 m e 20 m) que formam uma enorme piscina natural com rochas que a circundam, praias e pequenas ilhas. Também há uma hidrelétrica da década de 40, desativada. As cachoeiras ficam junto à BR-230, 33 Km distante de Carolina. Fica em propriedade privada.

Cachoeiras do Rio Farinha: É preciso de um carro com tração nas quatro rodas para se chegar às cachoeiras de São Romão, do Prata e do Farinha, as três no rio Farinha, afluente do rio Tocantins. Atualmente estão sendo ameaçadas pela construção de uma hidroeletrica, cuja obra está parada. As cachoeiras ficam em propriedades particulares.

Praia do Tocantins: Conhecida por todos que passam pela região sul do Maranhão, o local é bastante cheio. Apesar de serem mais conhecidas como as praias de Carolina, elas aparecem do lado do Estado de Tocantins, na cidade de Filadélfia. As praias começam a aparecer quando o rio baixa, a partir do mês de junho e só desaparecem no final do mês de agosto.

Ilha dos Botes: Fica à 5 Km de Carolina, à rasante do rio Tocantins, com acesso de barco e de carro saindo pelo bairro do Brejinho. De carro você poderá deixá-lo à margem do rio, num amplo estacionamento, para então pegar o barco que o transportará para a Ilha, distante apenas 100 metros. Lá encontrará bar e restaurante e até barracas (de palha) que lhe permitem pernoitar. Caso a barragem de Estreito seja construída, parte da ilha pode sumir.

Morro das Figuras: Próximo à cachoeira da Prata, a 40 km de Carolina com formação rochosa com diversas inscrições rupestres recentemente descobertas por arqueólogos, que acreditam ser de autoria de índios craôs descendentes dos tupis-guaranis.

Morro do Chapéu: Com seus 378 metros de altura. Leva o nome por causa do formato.

Morro do Portal: De fácil acesso, mas só pra quem conhece bem o local (deve se subir por trás) . O morro que fica na estrada para as cachoeiras da Pedra caída, possibilita impressionante visão da chapada das mesas. Além disso, fato interessante é que em uma das paredes do morro há uma cratera com o formato do mapa do Estado do Tocantins.

Serviços.
Secretaria de Turismo: Tel: (0xx99) 3531-1613 Prefeitura: Tel: (0xx99) 3531-1562 / 731-1160 Rodoviária: R. Benedito Leite Tel: (0xx99) 3531-1195, Hospital FNS r. Benedito Leite Tel: (0xx99) 3531-1271.

Como Chegar..
Rodoviário: Pela BR-230 que liga a cidade de Riachão à Carolina; pela rodovia que liga a cidade Araguaína a de Filadélfia. A partir daí faz-se a travessia do rio Tocantins através de embarcações apropriadas, trajeto muito mais curto para quem vai pela Belém-Brasília e através da BR-010 que liga a cidade de Carolina a cidade de Estreito (ligando-se então à Estrada Belém-Brasília).

Ferroviário: Estrada de Ferro Carajás: [Tel. (098) 218-4229 e 232-9696], tem trens que saem de São Luis com destino a Açailândia (cidade próxima a Imperatriz, que fica a 227Km de Carolina), às segundas, quartas e sábados. De Imperatriz é possível pegar ônibus ou vans até Carolina, num trajeto de cerca de 3 horas de viagem.

Transporte aéreo: A Rio-Sul ( Tel: 0800 - 99 7000) e a TAM (Tel: 0800 123 100), possuem vôos regulares para a cidade de Imperatriz que fica a aproximadamente 227 Km de carolina. E de Imperatriz à Carolina a viagem pode ser feita de ônibus ou vans.

Gastronomia.
Não deixe de beber um delicioso suco natural de frutas como Bacuri, Cupuaçu, jenipapo, murici e Açaí, que lá se chama Juçara. Ah, de Juçara também há vinhos, assim como de buriti. .....As comidas de origem africana, Caruru e Cuxá (preparado à base de camarão seco, vinagreira, gergelim e farinha de mandioca) são muito apreciadas pelos maranhenses. Caldos de ovos, de frango, de peixe, de feijão, de galinha e de carne também fazem parte da culinária local. .....

A influência sertaneja está presente na carne-de-Sol com aipim (mandioca), na galinha caipira, peixada e no pato guisado. .....E por falar em mandioca, sua farinha não falta na mesa do maranhense (com o leite de babaçu, constitui-se na alimentação básica da grande maioria das comunidades) e com ela produzem ainda, massas para o preparo de beijus, bolos, pudins, refrigerantes, tiquiras e fermentadas e destiladas, molhos e aguardentes.

Clima.
As estações predominantes são
o inverno de Setembro a Maio, época em que são freqüentes as trovoadas, e o verão de Junho a Agosto. O calor é forte durante todo ano.

Localização.
Saínda de Imperatriz no Maranhão são 220km a Sul. Entre as grande cidades mais próximas: Belém - Carolina: 847 KM Brasília - Carolina: 1284 KM Palmas - Carolina: 506 KM São Luis - Carolina: 897 KM Teresina - Carolina: 753 KM .

População.
População Estimada em 2005: 23.569 Área da unidade territorial (km²): 6.442.


Home Monumentos Danças Tipicas
icone Arquitetônicos Praia Grande São Luís
Belezas Naturais Religiosos Culinária Maranhense
Museus Rua Grande Bumba-Meu-Boi
Largos e Praças Hotéis de São Luís Definir como Página Inicial
Madre de Deus Festas Populares Contato
    Natalício e Fatima