Documento sem título
Receba as Novidades

Alcântara Maranhão
Cidade de Alcântara.



 Documento sem título
História.
Mais de 350 anos se passaram desde o surgimento da aldeia de índios (Tapuitapera) à histórica Alcântara. Os costumes da cidade, que ficou famosa pela promessa de visita do Imperador Dom Pedro II, surgiram da mistura de raças.

De um lado, a aristocracia branca instalada em imponentes casarões datados do século XVIII, do outro os serviçais negros, cuja influência é notória na cultura do município (são mais de 250 comunidades remanescentes de quilombos), além da contribuição do índio com o surgimento da aldeia, ainda no século XVII.

Alcântara é conhecida nacionalmente como Patrimônio Histórico Nacional, desde a década de 40. A riqueza arquitetônica e os costumes de sua gente são os atrativos turísticos mais divulgados daquele pedaço de continente.

A aproximação com São Luís, apenas uma hora de barco, levou à prática de um turismo “bate-volta”, ou seja, o visitante chega pela manhã, passeia somente pelo centro histórico e retorna à tarde.

Desestimular tal prática tem sido o principal desafio da Administração Municipal e de empresariado instalado em Alcântara. Além do patrimônio arquitetônico, Alcântara oferece atrativos que se encaixam no Ecoturismo.

É o caso das “Trilhas na Lama”, ou Siriguejo, onde o turista se aventura por uma caminhada nas raízes do mangue, buscando o equilíbrio e gastando calorias. Uma caminhada de aproximadamente 20 minutos na lama equivale a quase uma hora em calçadão liso. O ponto de partida deste inovador esporte é a Pousada Bela Vista.
Atrações Turísticas.
Museu Histórico e Artístico de Alcântara: O acervo do museu ilustra a opulência da cidade quando esta era habitada por ricos barões franceses e portugueses. Pelourinho: O local onde eram exibidos e castigados os criminosos é um dos mais importantes atractivos de Alcântara. O pelourinho, decorado com as armas do império, é hoje o mais bem conservado do País.

Casa de Câmara e Cadeia: Prédio do final do século XVIII, onde antigamente funcionava a cadeia. Hoje é sede da Prefeitura Municipal. Praça da Matriz: Largo quadrangular cercado de casarões, abrigando o pelourinho e as ruínas da igreja de São Matias. As suas árvores são centenárias.

Casa do Imperador: Construção inacabada. O prédio hospedou o imperador Dom Pedro II, numa visita nunca feita à Alcântara. Igreja e Convento do Carmo: Em estilo barroco, o conjunto é remanescente do século XVII. Mais de cem anjos esculpidos em talha dourada ornamentam o seu altar.

Casa do Divino: Parte das festividades do Divino Espírito Santo é realizada neste casarão restaurado. Nas suas dependências estão expostas mesas, altares e instrumentos utilizados durante as comemorações.
Pontos Turísticos.
Os seus pontos turísticos podem ser visitados a pé durante passeios tranquilos pelas suas calçadas de pedra. Indo de barco, a partir de São Luís, os atractivos começam logo no Porto do Jacaré, subindo a ladeira com o mesmo nome, que conduz ao coração da cidade.

O largo onde se encontram as ruínas da igreja Matriz, a antiga cadeia e o pelourinho pode ser percorrido num dia, A sete quilómetros da cidade está instalada uma das mais modernas bases espaciais da América Latina, onde são desenvolvidos projectos para lançamento de satélites.
Dados da Cidade.
Estado: Maranhão. Região: Nordeste. DDD:(98).
Como Chegar.
Via Aérea: o aeroporto mais próximo de Alcântara com voos regulares é o Marechal Cunha Machado, em São Luís, capital do Estado do Maranhão. Da capital, demora-se aproximadamente uma hora de balsa ou barco.

Via Rodoviária:
Principais rodovias de acesso: - A partir do Cidade do Rio de Janeiro: BR-040 / BR-393 / BR-116 / BR-407 / BR-242 / BR-428 / BR-122 / BR-316 / BR-230 / BR-135 / BR-222. - A partir de Cidade de São Paulo: BR-364 / BR-153 / BR-080 / BR-226 / BR-316 / BR-222. - A partir de Teresina (Estado do Piauí): BR-316BR-135/BR-222. - A partir de Imperatriz (Estado do Maranhão): BR-010 / BR-316 / BR-222.
Festejos.
Festa do Divino (Maio)
A Festa do Divino relembra a descida do Espírito Santo aos Apóstolos. Durante as comemorações, revive-se a elegância e a riqueza de Alcântara durante o seu apogeu económico. A festa é uma das manifestações culturais e religiosas mais famosas do Maranhão, com cortejos que desfilam pelas ruas e casas, ao som de cânticos religiosos. Licores e doces típicos da região são servidos à vontade.

Festa de São Benedito (Agosto)
A festa em homenagem ao santo protector dos escravos mistura a religiosidade cristã com a africanidade do Tambor de Crioula, dança muito divertida que tem como objectivo o pagamento de promessas e a grande participação de mulheres.
Informações Turísticas .
Alcântara possui pousadas que lembram o período colonial e imperial. São confortáveis e possuem diversas opções de preço. Os restaurantes servem o que há de melhor na comida típica da região com muito conforto e sabor.

A Praia da Baronesa possui tanto restaurantes como pousadas, sendo o melhor lugar para se ficar na cidade. Consulte os seguintes links, com locais para se hospedar e comer em Alcântara: www.ondehospedar.com.br/ma/alcantara.php www.turismo.ma.gov.br/pt/polos/ sao_luis/restaurantes_alcantara.htm.
Clima.
Tropical quente e húmido com temperatura média anual de 29° C. Serviços. Prefeitura Municipal de Alcântara Tel: +55 (82) 3218-8017; Informações Turísticas Tel: +55 (98) 3337- 1140; Cais da Praia Grande Tel: +55 (98) 3222-6081; Agências Bancárias: A cidade tem agências dos principais bancos. A maioria dos estabelecimentos aceita cartões de crédito. População.
População estimada 2006 em 01.07.2006: 45.804.
Documento sem título
COPYRIGHT @ 2015 TURISMO-MA - Todos os Direitos Reservados